Hidroterapia
30 de março de 2019
Fibromialgia
30 de março de 2019

A hérnia de disco é caracterizada pelo abaulamento do disco intervertebral, que se insinua para dentro do canal vertebral e pode comprimir a medula ou a raiz nervosa correspondente. O disco vertebral é uma estrutura de fibrocartilagem que serve para amortecer impactos e evitar o contato direto entre uma vértebra e outra.

Ocorre com mais frequência na coluna cervical e lombar e o seu tratamento pode ser feito com medicamentos, fisioterapia ou cirurgia.

Sintomas de hérnia discal cervical: dor no pescoço que irradia para ombro e membro superior, sensação de formigamento nesses locais, dificuldade de movimentar pescoço ou levantar o braço.

Sintomas de hérnia discal lombar: dor na região lombar que pode irradiar para o membro inferior, sensação de dormência ou formigamento em glúteos e ou nas pernas (atrás, frente ou interna), dificuldade de movimentar-se (abaixar, levantar, por ex.)

A fisioterapia atua na diminuição da dor e da tensão muscular da região, melhora da mobilidade e da força muscular dos músculos de tronco e membros, orientações gerais das atividades do dia-a-dia para diminuir a crise e evitar o aparecimento de recidivas. O tratamento conservador associa o RPG, a terapia manual, a estabilização segmentar lombar e o treinamento funcional.